Flores da Resistência

    Flores e poemas para  

Luiz Eduardo Greenhalgh

10/10/2019

1/1
Fotos do evento - Clique para ver em tamanho maior

Poema para Luiz Eduardo Greenhalgh

Você é aquele que luta
A luta que não tem fim
Como o poeta que apostou na flor ao dizer assim

"Eu vou cantar uma música lenta
Para o povo  desesperado
Para quem  se sente despreparado
Para aquele que tenta
Para o enamorado
Também para quem lamenta
E muito, muito para o esforçado

Canto aos poderosos que olhem pelo povo sofrido
Este povo que canta, que encanta sem que seu canto seja ouvido.
Canto uma música lenta pro mundo ficar menos corrido"

LEG,

Canta, canta mais querido compa
Neste seu canto 
Nossa voz deseja estar
Neste seu canto a liberdade há de chegar

Caro Companheiro Luiz Eduardo Greenhalgh,