Clique na figura ao lado ou no título acima para acesso aos filmes listados abaixo através de link externo. Nenhum destes filmes fazem parte dos arquivos deste site.

1) "Trumbo-A lista Negra" - Filme de 2016. Um bom filme para assistir nestes tempos de macartismo jurista no Brasil. Assim como o senador McCarthy foi para o lixo da História, assim também vai acontecer com Moro e seus comparsas do judiciário. "O longa conta a história de Dalton Trumbo, um roteirista de sucesso nos tempos de ouro de Hollywood, mas como membro do partido comunista americano foi considerado uma ameaça e colocado na famosa lista negra americana, que tinha nomes de milhares pessoas que trabalhavam no ramo do entretenimento e por seu envolvimento subversivo e antiamericano estariam colocando sutis propagandas comunistas nos filmes hollywoodianos. Injustiçados, esses profissionais foram presos e depois impedidos de continuarem trabalhando no ramo. Trumbo foi um dos que se rebelaram contra esse sistema, e através de uma série de pseudônimos continuou escrevendo para os estúdios cinematográficos, recebendo até um Oscar por um de seus scripts, ironizando de vez a lista negra dos EUA. O filme conta toda essa trajetória do polêmico e corajoso Dalton Trumbo, mostrando seu envolvimento, mesmo na sarjeta hollywoodiana, com obras-primas do cinema como Spartacus (1960), Êxodos (1960), A Princesa e o Plebeu (1953)." Detalhes técnicos: Data de lançamento: 28 de janeiro de 2016 (2h 04min) / Direção: Jay Roach / Elenco: Bryan Cranston, Diane Lane, Helen Mirren / Nacionalidade: EUA"

Please reload

Clique na figura ao lado ou no título acima para acesso aos filmes listados abaixo através de link externo. Nenhum destes filmes fazem parte dos arquivos deste site.

1) "Trumbo-A lista Negra" - Filme de 2016. Um bom filme para assistir nestes tempos de macartismo jurista no Brasil. Assim como o senador McCarthy foi para o lixo da História, assim também vai acontecer com Moro e seus comparsas do judiciário. "O longa conta a história de Dalton Trumbo, um roteirista de sucesso nos tempos de ouro de Hollywood, mas como membro do partido comunista americano foi considerado uma ameaça e colocado na famosa lista negra americana, que tinha nomes de milhares pessoas que trabalhavam no ramo do entretenimento e por seu envolvimento subversivo e antiamericano estariam colocando sutis propagandas comunistas nos filmes hollywoodianos. Injustiçados, esses profissionais foram presos e depois impedidos de continuarem trabalhando no ramo. Trumbo foi um dos que se rebelaram contra esse sistema, e através de uma série de pseudônimos continuou escrevendo para os estúdios cinematográficos, recebendo até um Oscar por um de seus scripts, ironizando de vez a lista negra dos EUA. O filme conta toda essa trajetória do polêmico e corajoso Dalton Trumbo, mostrando seu envolvimento, mesmo na sarjeta hollywoodiana, com obras-primas do cinema como Spartacus (1960), Êxodos (1960), A Princesa e o Plebeu (1953)." Detalhes técnicos: Data de lançamento: 28 de janeiro de 2016 (2h 04min) / Direção: Jay Roach / Elenco: Bryan Cranston, Diane Lane, Helen Mirren / Nacionalidade: EUA"

Please reload

Clique na figura ao lado ou no título acima para acesso a obras digitalizadas sobre a questão do feminismo. Nenhuma das obras fazem parte dos arquivos deste site. Ele apenas remete a links externos de outros sites.

1) Obras da socióloga feminista Heleith Safiotti -

Heleieth Iara Bongiovani Saffioti foi uma socióloga marxista, professora, estudiosa da violência de gênero e militante feminista brasileira. Nascimento em 4 de janeiro de 1934, Ibirá (SP) / Falecimento: 13 de janeiro de 2010 em São Paulo (SP)

1. "A mulher na sociedade de classes - mito re realidade". Petrópolis: Editora Vozes, 1976

2. "Do artesanal ao industrial: a exploração da mulher - Um estudo de operárias texteis e de confecções no Brasil e nos Estados Unidos". São Paulo: Editora Hucitec, 1981

3. "Emprego doméstico e capitalismo". Petrópolis: Editora Vozes, 1978, Tomo I

4. "Emprego doméstico e capitalismo". Petrópolis: Editora Vozes, 1978, Tomo II

5. "Gênero, patriarcado, violência". São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2004

6. "O poder do macho". São Paulo: Editora Moderna, 1987

7. "Violência de gênero - poder e impotência'. Rio de Janeiro: Editora Revinter, 1995

8. "Mulher brasileira é assim". Rio de Janeiro: Editora Rosa dos Tempos, 1994

2) Obras de Alexandra Kollontai

Alexandra Mikhaylovna Kollontai foi uma líder revolucionária russa e teórica do marxismo, membro do partido bolchevique e militante ativa durante a Revolução Russa de 1917.

1. "Autobiografia de uma mulher comunista sexualmente emancipada". São Paulo: Editora Sandermann, 2007

2. "La mujer en el desarrollo social. Barcelona". Editorial Guadarrama, 1976

3. "El comunismo y la familia". Barcelona: Editorial Marxista, 1937

3) Obras de Simone de Beauvoir

Simone Lucie-Ernestine-Marie Bertrand de Beauvoir, mais conhecida como Simone de Beauvoir, foi uma escritora, intelectual, filósofa existencialista, ativista política, feminista e teórica social francesa.

1."Memórias de uma moça bem comportada". Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009

2. "Mulher desiludida". São Paulo: Difusão européia do livro, 1968

3. "O segundo sexo - I - Fatos e Mitos". São Paulo: Difusão européia do livro, 1970, 4ª edição

3. "O segundo sexo - II - A experiência vivida". São Paulo: Difusão européia do livro, 1967

4. "A força das coisas". Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009

3b) Branca Moreira Alves e Jacqueline Pitanguy: O que é feminismo: Coleção primeiros passos Editora Brasiliense - 1985

3c) Maria Amélia de Almeida Telles (Amelinha): Breve História do Feminismo no Brasil (Ed. Brasiliense) - 1999

3d) Betty Friedan: "A mística feminina", 1971, Editora Vozes

4) Naomi Wolf: "O mito da beleza: como as imagens da beleza são usadas contra as mulheres". Rio de Janeiro: Editora Rocco, 1992

5) Silvia Lucia Ferreira e Enilda Rosendo do Nascimento (org.): "Imagens da mulher na cultura contemporânea". Salvador: UFBA, 2002

6) Leila LInhares Barsted, Jacqueline Pitanguy (org.): "O progresso das mulheres no Brasil 2003-2010". Rio de Janeiro: CEPIA; Brasilia: ONU Mulheres, 2011

7) Susan Faludi: "Backlash - o contra-atque na guerra não declarada contra as mulheres." Rio de Janeiro: Editora Rocco,  2001

8) Guacira Lopes Louro: "Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós estruturalista". Petrópolis: Editora Vozes, 1997

9) Neuma Aguiar: "Gênero e Ciências Humanas: desafio às ciências desde as perspectivas das mulheres". Rio de Janeiro: Editora Rosa dos Tempos, 1997

10) Angela Davis: "Mulher, raça e classe". Tradução livre, Plataforma Gueto, 2013

11) Evelyn Reed: "Sexo contra sexo ou classe contra classe". São Paulo: Editora Sandermann, 2008

12) Elizabeth Badinter: "Um amor conquistado: o mito do amor materno". . Tradução: Digital source

13) Zuleika Alambert: "Feminismo: o ponto de vista marxista". São Paulo: Editora Nobel, 1986

14) Françoise d'Eauboone: "As mulheres antes do patriarcado". Lisboa: Editorial Vega, 1977

15) Andrea Nye : ""Teoria Feminista e as Filosofias do Homem". Rio de Janeiro: Editora Rosa dos Tempos, 

16) Caitlin Moran : "Como ser mulher: um divertido manifesto feminino" - São Paulo: Editora Schwarcz, 2011. 

......... E MUITOS OUTROS LIVROS.

Please reload